BRASPEN Journal
https://braspenjournal.org/article/doi/10.37111/braspenj.2023.38.3.07
BRASPEN Journal
Artigo Original

Dietas hospitalares por via oral modificadas na consistência: avaliação da adequação da oferta de nutrientes para idosos hospitalizados

Camila Miguez Ribeiro, Letícia Shimonishi Miyake, Marcelly Caroline Pires Fernandes, Ivone Mayumi Ikeda Morimoto

Downloads: 10
Views: 622

Resumo

Introdução: A população idosa hospitalizada é susceptível à desnutrição e ao maior risco de complicações infecciosas. O fornecimento de nutrientes durante a hospitalização deve ser suficiente para manutenção e recuperação do estado nutricional. A padronização de dietas permite a individualização da prescrição dietética com base na aceitação alimentar ao nutricionista clínico. Assim, este estudo objetivou analisar a composição nutricional do cardápio ofertado aos idosos hospitalizados e a adequação das quantidades de macronutrientes e micronutrientes, comparando-os aos valores da Dietary Reference Intakes. Método: Estudo analítico, de caráter quantitativo, realizado no serviço de nutrição de um hospital-escola, da cidade de Curitiba, Brasil. Com base nas requisições de matéria prima do cardápio de 31 dias das dietas de consistência normal, branda, semissólida e líquida completa, foram obtidos os valores per capita dos alimentos de cada preparação. Estes foram inseridos no programa Dietbox®, gerando uma tabela de médias diárias de nutrientes ofertados. Esses valores foram comparados ao Acceptable Macronutrient Distribution Range (AMDR) e ao Recommended Dietary Allowance, sendo representados em percentuais de adequação. Resultados: Dietas de maior consistência apresentaram maior valor energético (1.832 ± 162,33 kcal) em comparação à de menor consistência (1301 ± 110,55 kcal). Todos os macronutrientes resultaram em percentuais dentro da faixa de adequação do AMDR, porém, dentre os micronutrientes, somente valores de ferro apresentaram adequação superior a 90%. A vitamina D obteve o menor percentual de adequação, em todas as consistências, seguida do cálcio, vitamina E e zinco. Estratégias como suplementos nutricionais orais com enriquecimento de nutrientes e acréscimo de refeições são recomendados nas diretrizes internacionais para idosos hospitalizados. Conclusão: Embora valores calóricos e de macronutrientes estejam dentro do esperado para população idosa, houve deficiência de micronutrientes fundamentais na prevenção da desnutrição e para recuperação do idoso hospitalizado. Este estudo demonstrou a necessidade de ajustes nas dietas padronizadas.

Palavras-chave

Serviço hospitalar de nutrição. Recomendações nutricionais. Nutrição do idoso.
65490773a9539562b4123c23 braspen Articles
Links & Downloads

BRASPEN Journal

Share this page
Page Sections