BRASPEN Journal
https://braspenjournal.org/article/doi/10.37111/braspenj.2022.37.3.10
BRASPEN Journal
Artigo Original

Implantação de equipe multiprofissional de terapia nutricional (EMTN) como ferramenta de gestão em um hospital universitário federal

Implementation of a multiprofessional nutritional therapy team (MNTT) as a management tool in a federal university hospital

Thaise de Abreu Brasileiro Sarmento, Nataly Cézar de Lima Lins, Lidiana Fábia Lucena Silva Brito, Itavielly Layany França Feitosa, Mikaelle Ysis da Silva, Maria Aparecida de Freitas Silveira, Renata Layne Paixão Vieira

Downloads: 4
Views: 732

Resumo

Introdução: A aplicação de instrumentos de gestão tem emergido, nas últimas décadas, como uma estratégia para melhorar a qualidade e a eficiência dos sistemas de saúde. Nesse âmbito, destacase a importância das comissões hospitalares para a melhoria contínua dos serviços de saúde, sendo reconhecidas como ferramentas de gestão eficazes, tendo potencial para gerenciar riscos, subsidiar a implantação de protocolos e diretrizes, definir e acompanhar indicadores de qualidade e segurança, além da reorganização de fluxos e processos de trabalho. Dentre as comissões exigidas nos hospitais, a Equipe Multiprofissional de Terapia Nutricional (EMTN) destaca-se como um grupo formal, envolvido diretamente na identificação precoce de pacientes desnutridos ou em risco nutricional, garantindo a implementação da terapia nutricional (TN) segura e eficiente. O objetivo deste estudo é relatar a experiência da implantação da EMTN em um hospital universitário federal. Método: Trata-se de uma pesquisa descritiva, com abordagem crítico-reflexiva, em um modelo de relato de experiência, sobre a implantação de uma EMTN, com descrição das atividades desenvolvidas pelos membros da comissão, desde a sua oficialização, em 2019, até 2021. Resultados: A EMTN foi instituída a partir das etapas de formalização, sistematização e gerenciamento, com o estabelecimento da coleta e análise de indicadores de qualidade em terapia nutricional (IQTN). Foram traçados sete IQTN, a saber: frequência de triagem nutricional em pacientes hospitalizados; frequência de episódios de diarreia em pacientes em TNE; frequência de remoção involuntária da sonda de alimentação enteral; frequência de obstrução da sonda de alimentação; frequência de disfunção glicêmica; frequência de adequação da oferta calórica e frequência de jejum mais de 48 horas. Considerações Finais: A implantação da EMTN culminou em estratégias capazes de melhorar qualidade e efetividade das intervenções em saúde, como ferramentas gerenciais inovadoras, capazes de otimizar os recursos humanos e materiais na busca pela oferta de serviços hospitalares com elevados padrões de qualidade.

Palavras-chave

Gestão Hospitalar. Terapia Nutricional. Equipe de Assistência ao Paciente.

Abstract

Introduction: The application of management instruments has emerged in recent decades as a strategy to improve the quality and efficiency of health service. In this context, the importance of committees for the continuous improvement of health services is highlighted, being recognized as effective management instruments, having the potential to manage risks, subsidize the implementation of protocols and guidelines, define and monitor quality and safety indicators, in addition to the reorganization of workflows and work processes. Among the commissions required in hospitals, the multidisciplinary nutrition support team (NST) stands out as a formal group, directly involved in the early identification of undernourished patients or patients at nutritional risk, ensuring the implementation of safe and efficient nutritional therapy (NT). The objective of this study is to report the experience of implementing the NST in an academic hospital. Methods: This is a descriptive research, with a critical-reflective approach, in an experience report model, on the implementation of an NST, with a description of the activities developed by the members of the commission, since its formalization, in 2019, until 2021. Results: The NST was established from the stages of formalization, systematization and management, with the establishment of the collection and analysis of quality indicators in nutritional therapy (IQTN). Seven IQTNs were traced, namely: frequency of nutritional screening in hospitalized patients; frequency of diarrhea episodes in ENT patients; frequency of involuntary removal of the enteral feeding tube; frequency of feeding tube obstruction; frequency of glycemic dysfunction; frequency of adequacy of caloric supply and frequency of fasting for more than 48 hours. Final Considerations: The implementation of the NST culminated in strategies capable of improving the quality and effectiveness of health interventions, such as innovative management tools, capable of optimizing human and material resources in the search for the provision of hospital services with high quality standards.

Keywords

Hospital Administration. Nutrition Therapy. Patient Care Team.
63d016cda9539550a0674943 braspen Articles
Links & Downloads

BRASPEN Journal

Share this page
Page Sections